Feira do Livro brilha no coração da cidade

20:26 - sábado, 4 de junho de 2011

No coração da cidade, tomado pelos livros, o prefeito Jairo Jorge abriu oficialmente neste sábado, 4, a 27ª Feira do Livro de Canoas. A cerimonia contou com a presença do escritor Luiz Coronel, o homenageado desta edição, alem da patrona, a escritora canoense Neida Rocha e o tradicional xerife, o músico Inácio Longhi. Também estiveram presentes o secretário estadual da Cultura, Luiz Antonio de Assis Brasil, o adjunto da pasta, Jéferson Assumção; o vice prefeito da cidade homenageada, Gramado, Luiz Bardaloim, a vice prefeita de Canoas, Beth Colombo, e o presidente da Câmara Rio-Grandense do Livro, João Carneiro.

Destacando as ações da cidade no que diz respeito ao incentivo à leitura, o prefeito lembrou em sua fala, dos dispositivos à disposição da população e que tornam Canoas um exemplo quando se fala em literatura. “Canoas é a cidade das Bibliopraças, também das Biblioparques e tem lei, torna o acesso a leitura uma política pública, através do Plano Municipal do Livro, Leitura e Literatura”, falou.

O secretário de Cultura de Canoas, Flávio Adônis, lembrou da tradição da Feira em Canoas, que chega madura à sua 27ª edição. O secretário estadual da Cultura, Luiz Antonio d Assis Brasil destacou que Canoas é exemplo para o Estado na questão cultural. A dimensão da Feira do Livro canoense, a segunda maior do Estado, foi lembrada pelo presidente da Câmara Rio-Grandense do Livro, João Carneiro.

O escritor homenageado, Luiz Coronel, de forma emocionante observou o poder do livro. “Dizia Saramago que sobre um livro é possivel derramar lágrimas, o que não se consegue na tela de um computador”. Sobre a prática da leitura, deu um recado: “A luz de cabeceira é o farol que estimula a vida”, sobre o hábito da leitura.

Após, o grupo e convidados circularam por toda a extensão da Feira, que vai até o próximo dia 19.

FEIRA DO LIVRO DE CANOAS

Com o tema “Quem lê, vai longe”, a Feira do livro de Canoas acontecerá até o dia 19 em dois locais: no Calçadão da rua Tiradentes e na Praça da Bandeira, do outro lado da estação da Trensurb, no Centro.

Além das 40 bancas, as atrações incluem 175 autores do Estado, 46 autores nacionais e 3 autores internacionais. Serão 92 lançamentos de livros e 82 eventos (seminários, palestras, saraus, mostras, exposições). No espaço Cine Literário serão exibidos 39 filmes.

Jesiel B. Saldanha


(foto: César Barbosa)